Milhares de empresas de banda larga tem licença para atuar no País

O consumidor brasileiro já fica na dúvida entre escolher uma entre três ou quatro empresas de banda larga fixa na hora de aderir aos serviços. Agora imaginem se esse universo fosse de milhares de prestadoras.

Pois bem, segundo o diretor da Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint), Basílio Perez, o número de empresas cadastradas junto à Anatel para prestação dos serviços de banda larga fixa no Brasil chega a 17 mil.

Mas infelizmente esse número não se reflete também em milhares de opções de escolhas paras os interessados em contratar os serviços. É que muitas das empresas cadastradas e licenciadas atuam em áreas muito pequenas como uma rua ou até mesmo em um único prédio, segundo Perez.

Na avaliação do executivo, o país tem conseguido estimular o surgimento de novos provedores de internet através das mudanças regulatórias que tem implementado ao longo dos anos. Visto a regulamentação que definiu os critérios para criação de uma Prestadora de Pequeno Porte (PPP) por exemplo.

Atualmente as PPPs tem se destacado e alcançando crescimento nos balanços do setor. Segundo o mais recente divulgado pela Anatel, essas prestadoras tiveram um crescimento total de mais de 2 milhões de domicílios atendidos pelo País nos últimos doze meses.

Fonte: Minha Operadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.