Google lança navegação anônima no Maps

Youtube agora permite escolher prazo para exclusão automática do histórico, e gerenciador de senhas do Android pode verificar se usuário foi vítima de vazamentos conhecidos.

O Google anunciou hoje, 2, o modo anônimo de navegação também no aplicativo de geolocalização Maps. A funcionalidade é similar à presente no navegador de internet Chrome: uma vez ativado, o programa deixa de registrar o histórico das ações do usuário.

Segundo a empresa, com o modo anônimo, os locais pesquisados não serão mais armazenados pelo aplicativo. Tampouco serão usadas para personalizar a experiência do usuário. Para ativa o recurso, é preciso clicar na foto do perfil dentro do aplicativo.

A funcionalidade não está disponível imediatamente para todo mundo. O Google diz que será lançado universalmente para Android “nas próximas semanas”, e em data posterior, também no aplicativo para iPhone.

MAIS PRIVACIDADE NO YOUTUBE
O aplicativo de vídeo mais usado do Brasil também ganhou mais recursos de privacidade. No começo do ano a empresa colocou o modo anônimo no Youtube. Em maio, avisou que lançaria um recurso de apagar automaticamente o histórico de vídeos procurados ou assistidos. Enfim chegou o dia em que isso foi ativado.

A partir de agora, o usuário pode estabelecer quanto tempo quer que o aplicativo guarde seu histórico. São três opções: manter os dados até que haja deleção manual; manter por 3 meses; manter por 18 meses.

O Google também atualizou o gerenciador de senhas, incluindo ali a função Checkup. O recurso faz uma análise das senha salvas e informa ao usuário se são fortes ou fracas, ou mesmo se já foram expostas por algum tipo de violação ou vazamento de dados.

(Assessoria de Imprensa)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *