Intel compra fabricante de processadores de inteligência artificial por US$2 bilhões

A Intel anunciou nesta segunda-feira (16) que adquiriu a startup israelense Habana Labs, especializada em fabricar processadores voltados para inteligência artificial, por cerca de US$ 2 bilhões. O negócio é parte da tentativa de fortalecer a área de central de dados da gigante americana, que passa por rápido crescimento.

Intel lança seu primeiro chip de inteligência artificial
A Habana continuará a ser uma unidade de negócios independente liderada por sua equipe atual e responderá ao grupo de plataformas de dados da Intel. A empresa tem se destacado pela fabricação de processadores de elevada performance.

A Habana, que já havia levantado US$ 120 milhões, lançou em junho um processador chamado Gaudi, que promete competir com produtos similares da Nvidia, concorrente da Intel.

Com a estagnação das vendas de computadores, a Intel depende cada vez mais da expansão de centros de processamento de dados, que fornecem poder de computação. Esses aplicativos, por sua vez, contam com a inteligência artificial para utilizar recursos como reconhecimento de rostos em fotos e de fala.

Intel corrige falha que manipula processador com controle de tensão elétrica
“A Habana potencializa nossas ofertas de inteligência artificial para centros de dados com processadores de alto desempenho e um ambiente de programação baseado em padrões para lidar com a evolução das cargas de trabalho de IA”, disse Navin Shenoy, gerente geral do grupo de plataformas de dados da Intel, em comunicado.

(G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.