Claro fica sem sinal nesta sexta-feira (6) em diversas cidades

A Claro sofreu uma instabilidade em sua rede móvel que afetou usuários de todo o Brasil: vários clientes ficaram sem sinal nesta sexta-feira (6), não conseguiam fazer ou receber chamadas, nem acessar a internet 4G através do celular. A operadora confirma que ocorreu uma “oscilação na rede móvel”, mas diz que tudo voltou ao normal.

O DownDetector registrou mais de 5.500 reclamações ao longo de uma hora, começando por volta das 15h (horário de Brasília). “Não consigo fazer ligações, fala que está sem rede”, disse um usuário de São Paulo. “Empresa parada no RJ, zona norte, porque trabalhamos com celular e todos são da operadora Claro”, relatou outro.

As queixas se acumularam: “sem sinal de internet em BH”; “Guarulhos para mim tá tudo fora, ligação e 4G”; “sem sinal e sem internet em Recife-PE”; “sem conseguir ligar, sem sinal em Mossoró – RN”.

Segundo o DownDetector, estas são as cidades com mais relatos de problemas: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasilia, Campinas, Fortaleza, Curitiba, Pelotas e Recife.

Alguns clientes relatam que os serviços de voz e internet estão voltando aos poucos em determinadas cidades. No entanto, em certos casos, apenas a rede 3G está disponível para dados, não o 4G.

A conta oficial da Claro no Twitter diz a alguns usuários: “verifiquei em meu sistema que já temos uma equipe tratando a falha na localidade para regularizar a situação o quanto antes”. No atendimento por chat, a operadora diz que a previsão de normalidade é hoje às 21h.

Em abril deste ano, a Claro sofreu um apagão semelhante, afetando principalmente o estado de São Paulo. Na época, ela explicou que houve “uma falha em um equipamento”; os serviços só foram restabelecidos à noite.

A Claro informa que seus serviços operam dentro da normalidade. Na tarde desta sexta-feira (06), por volta das 15h, alguns clientes podem ter percebido instabilidades devido a uma oscilação na rede móvel da operadora. As equipes técnicas da companhia atuaram rapidamente no caso e os serviços foram restabelecidos no menor tempo possível.

(Com informações: Tecnoblog)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *