França aprova leilão 5G, que garante 50 MHz em 3,5-3,8 GHz para cada tele móvel

O governo da França aprovou as regras para o leilão 5G no país, que parte da oferta de 50 MHz na faixa de banda média, entre 3490 a 3800 MHz, garantindo quatro nacos iniciais para as quatro principais operadoras móveis do país – Orange, Altice SFR, Bouygues e Iliad – e disputa adicional por 11 blocos de 10 MHz.

O preço mínimo nessa configuração é de aproximadamente R$ 10 bilhões (2,2 bilhões de euros), considerando-se os 350 milhões de euros fixos de cada naco de 50 MHz (cerca de R$ 1,5 bilhão) e o valor mínimo de 70 milhões de euros (R$ 315 milhões) de cada fatia extra de 10 MHz.

A compra implica em obrigações de cobertura, a começar pelo compromisso de lançar serviços 5G em pelo menos duas cidades até o fim de 2020. Cada operadora também fica obrigada a instalar 3 mil sites até 2022, 8 mil em 2024 e 10,5 mil até 2025. Também é prevista a cobertura das estradas francesas.

A expectativa da agência reguladora de telecomunicações francesa Arcep é de que o leilão seja realizado em abril de 2020.

(Convergência Digital)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.